jogos antigos da gameloft
|

10 jogos antigos da Gameloft que marcaram uma era

Os jogos antigos da Gameloft foram responsáveis por marcar uma era do entretenimento no celular. A empresa, com sede na França, era especialista em desenvolver games mobile, contudo, eles se apresentavam muito mais do que um mero passatempo.

A Gameloft produzia jogos com histórias, se inspirando em vários outros grandes títulos para criar seu próprio mundo. Durante os anos de 2009 e 2012, ela dominou o mercado de games mobile com narrativas offline e cheias de conteúdo. 

Quem se lembra, pode falar que viveu uma verdadeira época de oura os jogos para celulares

O que aconteceu com a Gameloft?

A partir dos primeiros anos dos anos 2010, a empresa começou a perder espaço no mercado e se tornou cada vez mais difícil encontrar novos jogos . Com o tempo, ela praticamente desapareceu, deixando para trás apenas a saudade das suas histórias. 

O mercado mudou. A maioria dos jogos agora são online e as histórias se tornaram algo secundário. O importante hoje é a qualidade dos gráficos, a jogabilidade e o estilo.

O gênero que domina o mercado atualmente são os free to play focados na competição, também conhecidos como battle royale. 

Os jogos antigos da Gameloft que marcaram uma era

A Gameloft ainda existe, porém, precisou passar por cortes de gastos ao longo dos anos. A empresa tem planos de voltar a ser relevante no mercado de jogos para celular e pretende investir nos free to play para, quem sabe, concorrer de frente com as gigantes Tencent, Garena e Epic.

Enquanto isso, como recordar é viver, relembre alguns dos jogos da Gameloft que marcaram uma era na história dos jogos de celular.

1 – Sacred Odyssey

No melhor estilo Legend of Zelda, aqui o personagem principal precisa adquirir novos itens e habilidades ao longo do jogo, por meio da resolução de puzzles, a fim de encontrar baús de tesouros. 

Leia Também:  Diablo Immortal - Tutorial para Iniciantes, Dicas e Truques

Contudo, o principal objetivo na história é conseguir retornar para a princesa. Algo soa familiar aqui, não?! Não por acaso, o jogo foi apelidado de “Zelda da Gameloft”.

2 – Batman: The Dark Knight Rises

O Morcegão da DC Comics possui vários jogos que valem a pena conferir. E esse é um deles. O game em questão é baseado no terceiro filme de Christopher Nolan e está entre os destaques da Gameloft.

Embora o objetivo também seja derrotar o Bane, a história, contudo, é diferente do filme. Os gráficos são ótimos e impressionaram na época. Gotham é uma cidade explorável e há liberdade para usar diversos equipamentos do herói.

3 – NOVA 2

Com inspiração em Halo, NOVA segue as aventuras do fuzileiro das galáxias Kal Wardin. O jogo é um ótimo exemplo de como a empresa sabia trabalhar muito bem o gênero FPS com história de fundo.

Apesar de todas as inspirações na franquia da Microsoft, a série NOVA tinha suas particularidades e divertia em todas as áreas.

4 – Backstab

O jogo consiste em explorar um trabalho chocante, uma história sem precedentes e um enredo sem fim. Possui mundo ambiente aberto, com combates intensos e muita ação e aventura.  

No jogo, você precisa ajudar o protagonista a encontrar justiça no caminho da vingança e usar várias habilidades de luta mortal para matar aqueles que atrapalham seu objetivo.

5 – Eternal Legacy

A história de absorção implica grandes responsabilidades: como Astrian, você deve salvar Algoad da destruição e restaurar o vínculo vivo entre o homem e a natureza. 

Desfrute de dezenas de horas de exploração e combates em paisagens incríveis. Converse com as pessoas que você encontra, com dublagem completa: eles podem participar de sua equipe, revelar algum segredo, oferecer uma missão e muito mais. O sistema de combate emocionante baseado em turnos garante muita ação!

Leia Também:  137 Nomes com duplo sentido para usar nos games

6 – Assassin’s Creed – Altair’s Chronicles

O enredo se ambienta durante a Terceira Cruzada, em 1190 d.C. Cruzados e sarracenos guerreiam a fim de conquistar a Terra Santa, Jerusalém. Após retornar de mais uma cansativa missão, o jovem assassino Altair (ancestral de Desmond) resolve retornar à sua terra natal, mas acaba descobrindo que a própria está sendo atacada por templários.

7 – Wild Blood

Fragilizado por descobrir sobre o romance entre seu amigo Lancelot e sua esposa, a rainha Guinevere, o Rei Arthur se deixa levar pelas mentiras de sua irmã, a poderosa feiticeira Morgana Le fey.

Assim então, ele é convencido a abrir o portão do inferno, o que libera a entrada de todos os tipos de demônios para o mundo. Em paralelo, Morgana sequestra Guinevere e a mantém como refém na ilha mágica de Avalon.

Agora, cabe a Lancelot dar um jeito na bagunça organizada pela família disfuncional. 

8 – Gangstar Miami Vindication

Como dito, a Gameloft sempre olhou para grandes títulos em busca de inspirações para realizar suas próprias versões. Gangstar nada mais é que o GTA da empresa.

O game tem muitas semelhanças com a franquia da Rockstar, incluindo roubo de carros, lutas corpo a corpo, perseguição policial e muita diversão.

Na história, Johnny chega a Miami com o objetivo de salvar seu irmão mais novo do mundo das drogas. Sendo assim, ele não irá deixar nada, nem ninguém atrapalhar sua missão sagrada. Ou seja, é chumbo e porrada para todos os lados.

9 – Hero of Sparta

O jogador controla um rei espartano munido de vários elementos de combate, como uma espada, escudo inquebrável, correntes de Andrômeda, espada de Chronos, escudo de Medusa, entre outros. 

O jogo apresenta eventos em tempo real chamados “focus kills” que ocorrem quando certos inimigos estão quase derrotados. O jogador será solicitado a inserir uma série de controles (ou tocar na tela) para dar um golpe final no inimigo. As mortes de foco bem-sucedidas premiam o jogador com mais orbes. Em alguns casos, o jogador é obrigado a matar o foco para derrotar os chefes.

Leia Também:  10 melhores jogos de dirigir para quem ama velocidade e diversão

10 – Shadow Guardian

Com esse jogo, a Gameloft mostrou que aprendeu a lição direitinho com a Naughty Dog. 

Em uma vibe bem Uncharted, o game acompanha as aventuras de Jason Call, um caçador de tesouros que, assim como Nathan Drake, tem inspiração em Indiana Jones. Jason é preso em um laboratório onde o terrorista, Novik, quer retirar parte do seu cérebro para localizar a tal Matéria-prima.

Exatamente por isso, o jagador não têm acesso às memórias do personagem ao longo do jogo. 

Bateu a saudade dos jogos antigos da Gameloft? Então saiba como jogar no seu celular ou computador em 8 Jogos Que Não Tem Na Play Store, Mas Que Você Ainda Pode Jogar.

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.